Ataque contra militar em Paris termina sem feridos | Portal Tnews

0
148

Um homem armado com uma faca atacou na manhã desta sexta-feira em Paris um militar da operação antiterrorista mobilizada na França desde os atentados de 2015, mas ninguém ficou ferido, informou a polícia.

De acordo com os primeiros elementos da investigação, o agressor, rapidamente controlado pelo militar na estação de metrô de Chatelet, teria mencionado Alá, indicou uma fonte policial, o homem não tinha ficha criminal.

Uma investigação foi aberta pela Polícia Judicial, a ministra da Defesa, Florence Parly, elogiou a reação do militar em entrevista à rádio Europe 1.

“O homem foi controlado, esta é a prova do profissionalismo e da eficácia dos soldados da (operação) Sentinela em sua missão de proteção”, disse.

“Não sabemos quais eram as intenções do agressor, que foi detido”, completou.

Esta é a sétima agressão contra militares da operação Sentinela estabelecida como parte do plano Vigipirate (sistema permanente de alerta) depois dos atentados de janeiro de 2015.

O último ataque do tipo deixou seis militares feridos quando um carro avançou contra os soldados na região de Paris.

O governo anunciou na quinta-feira uma “evolução” do dispositivo de alerta, quase 7.000 militares permanecerão mobilizados (10.000 em caso de crise), mas poderão atuar com mais “flexibilidade” e de forma “menos previsível” para melhorar sua eficácia, informou o ministério da Defesa.

Comentar

Veja Também  Terremoto no Irã mata mais de 300 pessoas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui