Bull terrier após ingerir crack ataca e mata o dono

0
187

A ingestão de crack pode ter sido o motivo para um cachorro da raça bull terrier ter atacado e matado seu dono, Mario Perivoitos, de 41 anos, na Inglaterra.

O incidente ocorreu em março deste ano durante a gravação de um documentário sobre drogas da emissora BBC.

O inquérito aberto indica que o comportamento agressivo do cão, chamado Major, pode ter sido motivado pela ingestão da droga. Ele mordeu o dono no pescoço e no rosto, causando ferimentos fatais.

O veterinário toxicologista Nicholas Carmichael analisou amostras coletadas do animal e detectou cocaína e morfina na urina.

“É bastante provável que este cachorro tenha consumido drogas, provavelmente as comido, é quase impossível dizer se isso teria ocasionado o ataque, mas faz com que o cão responda de forma anormal.

Eles se tornam muito excitados e agitados, é mais provável que esse ataque tenha acontecido porque o cachorro ingeriu cocaína”, disse ao jornal “Daily Mail”.

A equipe da BBC estava na casa de Perivoitos quando ele sofreu um episódio epilético e foi atacado pelo animal, o homem chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

O inquérito pediu que Major seja sacrificado, mas não há confirmação se isso ocorreu.

Veja o vídeo

Comentar

Veja Também  PRF apreende crack e cocaína em abordagem de rotina

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui