Policiais acusados de execução são inocentados

0
257

Os policiais militares Michel Alvan Diel e Alisson dos Santos Cszulik foram absolvidos no início da madrugada desta sexta-feira (15) de uma acusação de homicídio no bairro Alto Boqueirão em Curitiba.

O crime aconteceu no dia 12 de junho de 2014. O corpo de Tiago Rocha, 25 anos, foi encontrado próximo do zoológico no bairro Alto Boqueirão, ele foi executado com cinco tiros na cabeça, feitos com uma pistola .380.

O resultado do juri popular foi de 4 votos a 1 pela absolvição dos policiais.

Em fevereiro de 2016 os dois policiais já haviam sido julgados pela morte de Anderson Marques Colaço, 34 anos, que foi assassinado a tiros na Rua João Antônio Culpi, na favela da Pluma, no bairro Pinheirinho em Curitiba. Os policiais chegaram a ficar presos 1 ano e 1 mês e foram inocentados pelo Tribunal do Juri.

Os dois policiais chegaram a ser indiciados na chacina do Xaxim e do Osternack e um dos policiais chegou a ser preso, porém foi solto.

O advogado de defesa dos policiais, Claudio Dalledone Júnior relatou que a falta de coerência e de provas deu ao caso o caminho que merecia, a absolvição.

Via : massanews

Comentar

Veja Também  Mulheres são flagradas tentando entrar na PEC com maconha nas partes íntimas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui