Jovem que tentou suicídio tem morte encefálica confirmada

A modelo de 17 anos que tentou tirar a própria, Vânia Maísa, teve a morte encefálica confirmada, ela teve seu caso exposto ao tentar se suicidar no Setor Embratel.

Segundo informações de uma fonte no Hospital Regional de Vilhena, local onde ela estava após ser resgatada, os primeiros exames confirmam que já não há mais atividade cerebral.

Como existe uma precaução para confirmar ou descartar a morte dela, os aparelhos serão mantidos por um tempo, os familiares já foram comunicados para decidir se os órgãos da adolescente serão ou não doados.

Se a resposta for positiva, médicos de Porto Velho irão à cidade de Vilhena retirar os órgãos após a confirmação do a morte, Vânia era conhecida por sua beleza e em agosto deu uma entrevista em que falava sobre seus sonhos para o futuro.

Segundo ela, sua vontade maior era terminar o ensino superior e conhecer vários países do mundo. A moça ainda afirmou que sua beleza vinha principalmente de sua simpatia, aos 17 anos, ela já era modelo e monitora de ginástica rítmica e não se sentia intimidada com os holofotes.

Sua internação aconteceu no dia 19 de setembro, quando foi encontrada por sua irmã e cunhado tentando se matar enforcada, os bombeiros foram acionados e a moça foi ressuscitada.

A morte encefálica da jovem teria sido dada logo quando ela chegou no hospital, a informação é do site Painel Político, a principal suspeita da tentativa de suicídio da moça é que ela lutava contra um quadro grave de depressão.

Várias celebridades já afirmaram ter sofrido do problema, o apresentador da Band, Ricardo Boechat revelou que precisou se afastar do “Jornal da Band” por conta da doença.

Veja Também  Empresário mata ex-mulher e comete suicídio no interior

O cantor Lucas Lucco também falou em entrevista sobre isso, de acordo com ele, a depressão não tem cura, apenas tratamento. Sua forma de vida, rotina e alimentação conseguiram mudar o quadro.

Se você está passando por esse tipo de problema, é mais que necessário procurar ajuda o quanto antes, existem formas de ajuda por telefone, Skype e até o Google dá resultados do Centro de Valorização da Vida, o CVV. O número é 141 e o site é o cvv.org.br.

 

Comentar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui