Justiça de Minas Gerais julga anulação de certidão de óbito de Eliza Samúdio

0
184

A Justiça de Minas Gerais deve julgar amanhã um pedido de anulação da certidão de óbito de Eliza Samúdio, ela foi assassinada a mando do goleiro Bruno Fernandes em junho de 2010.

Se a retirada do atestado for aceita, o julgamento que condenou o atleta a mais de 22 anos pode ser anulado, no último dia 13, o Tribunal de Justiça aceitou o pedido da defesa de Bruno para avaliar a veracidade do documento emitido em janeiro de 2013, dois meses depois da condenação.

Pedidos de redução da pena de Bruno e Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, também serão analisados.
Foto: Agência O Globo

Comentar

Veja Também  Sarandi; piloto de kart protagoniza perseguição policial inusitada

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui