Geddel ameaça matar delator da JBS e ouve: “cala boca, gordo”

O ex-ministro Geddel Vieira Lima, o operador Lúcio Funaro e o executivo da JBS Ricardo Saud vêm trocando provocações no presídio da Papuda, em Brasília, onde estão recolhidos.

De acordo com relatos do jornal “O Estado de S. Paulo”, Funaro espera o fim do banho de sol e antes de voltar para a cela grita: ‘Saud, vou te matar”.

Em seguida, Geddel reforça a ameaça: “Saud, também vou te matar”. Segundo o jornal, Saud devolve as provocações apenas para Geddel: “Cala boca, seu gordo!”

Segundo o jornal, os três ficam em locais separados do presídio e não se encontram no banho de sol justamente para evitar confrontos.

Comentar

Veja Também  Lula pode pedir asilo em outro país para evitar a prisão
Tags

Mauricio Dias

Nada "além" do compromisso com a informação | Jornalismo independente

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios