Suzane von Richthofen e Anna Carolina Jatobá deixam prisão durante feriado

0
317

Você se lembra de Suzane von Richthofen e Anna Carolina Jatobá? Difícil mesmo é esquecê-las. As duas protagonizaram dois dos crimes que mais chocaram a população no Brasil. Ambas deixaram a penitenciária de Tremembé na manhã desta quarta-feira (11), depois de serem agraciadas com o benefício da saída temporária em virtude do Dia das Crianças. Esta é uma entre as cinco datas do ano que elas têm direito a deixar a prisão. Para tirarem a “folga”, elas precisam apenas informar à Vara de Execuções Criminais o endereço onde ficarão, seguindo as restrições de horários impostas ao regime. O benefício concedido à Anna Carolina Jatobá para o Dia das Crianças gera questionamentos semelhantes ao benefício do Dia das Mães concedido à Suzane von Richthofen devido às acusações sob as quais cada uma delas foi condenada.

Relembre os casos envolvendo Suzane Richthofen e Anna Jatobá

Suzane von Richthofen foi condenada a 39 anos e 6 meses de prisão pelo mando do assassinato de seus pais, Manfred e Marísia von Richthofen. Na época, Suzane havia começado um relacionamento com Daniel Cravinhos que não tinha nenhum apoio das famílias, especialmente dos Richthofen. Devido aos conflitos causados pelo relacionamento, Suzane e Daniel planejaram simular um caso de latrocínio, roubo seguido de morte, para que se justificasse o assassinato do casal. Manfred e Marísia eram engenheiro e psicóloga, respectivamente. Estima-se que o salário de Manfred era de R$11 mil mensais e o de Marísia cerca de R$20 mil mensais. O patrimônio do casal era avaliado em cerca de R$11 milhões em valores atualizados. Dessa forma, Suzane e Daniel pretendiam ficar com parte dessa herança após o assassinato.

Em 31 de outubro de 2002, Suzane abriu a porta da mansão onde morava com seus pais para Daniel e seu irmão, Cristian Cravinhos, que foram para o segundo andar do imóvel e mataram Manfred e Marísia com pauladas na cabeça. Já o caso de Anna Jatobá, esta foi condenada juntamente com Alexandre Nardoni pelo assassinato de Isabella Nardoni , de apenas 5 anos. Alexandre e Anna, respectivamente pai e madrasta da criança, teriam jogado Isabella do sexto andar do Edifício London, localizado na zona norte de São Paulo. Alexandre foi condenado a 31 anos, 1 mês e 10 dias pelo assassinato de sua filha, sendo considerado um agravante o fato de Isabella ser sua descendente, e Anna foi condenada a 26 anos e 8 meses de reclusão.

Veja Também  Madrasta de Isabella Nardoni vai passar o dia da Criança em casa

Saídas temporárias geram revolta na população

Embora sejam permitidas pela justiça do Brasil, grande parte da população se revolta com a saída temporária dessas mulheres em datas como o Dia das Mães, Dia dos Pais e Dia das Crianças. O fato de terem sido condenadas pelo assassinato dos próprios pais e de uma criança de 5 anos de idade tornam o benefício questionável e levanta revolta na sociedade brasileira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here