Defesa vai ao TJ para tentar barrar julgamento de Boca Aberta

0
136

O advogado Eduardo Duarte Ferreira deve apresentar nesta q ao Tribunal de Justiça um Agravo de Instrumento contra a decisão do juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública de Londrina, Emil Gonçalves, que negou a liminar em mandado de segurança, para suspender a sessão de julgamento do vereador Emerson Petriv (PR), o Boca Aberta. Com a decisão em Londrina, a sessão que pode resultar na cassação do vereador Emerson Petriv deve ser realizada neste domingo (15), a partir das 8 horas, na Câmara Municipal. O juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública não acatou os argumentos de Boca Aberta, de que o prazo dos trabalhos da Comissão Processante (CP) terminou no último dia nove (segunda-feira) e não dia 17 deste mês, como sustenta a Câmara. “O prazo decadencial ainda está em curso”, disse o juiz.

Mas, para o advogado Eduardo Ferreira, existem outras decisões semelhantes no País, que reforçam a tese de que o processo contra Boca Aberta deve ser arquivado.Caso não haja nenhum outro recurso jurídico, a Câmara só terá dois caminhos na sessão agendada para este domingo: ou arquiva o processo ou cassa o mandato do vereador Boca Abeta. Emerson Petriv é acusado de suposto estelionato eleitoral por ter promovido uma vaquinha virtual no Facebook para quitar uma multa por irregularidade eleitoral. O vereador nega a irregularidade, se diz vítima de perseguição e promete recorrer novamente caso seja cassação.

Veja Também  Maia chama advogado de Temer de 'incompetente' e 'irresponsável'

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here