Justiça catarinense condena a empresa Trailer Ltda por divulgação de trailer

A Justiça catarinense condenou a empresa Trailer Ltda. pela divulgação do trailer do documentário “O Milagre de Chapecó”. Foi determinado que a produção não pode ser exibida em salas de cinema, na televisão, internet ou em qualquer outra plataforma, sob multa de R$ 50 mil por dia em caso de descumprimento da decisão. A Chapecoense havia entrado com uma ação para barrar a exibição do documentário.

Segundo a Chape, a empresa foi contratada no dia 21 de setembro deste ano para a produção de longa-metragem, com o objetivo de mostrar a evolução do clube até o acidente aéreo na Colômbia que vitimou a delegação do time em novembro do ano passado. Além disso, o documentário iria mostrar a reconstrução da Chapecoense após a tragédia. Segundo a Chape, o contrato previa autorização do material pelo clube.

No entanto, no dia 11 deste mês, o trailer do documentário foi exibido em algumas salas de cinema de Santa Catarina. Além de descumprir o acordo, a Chapecoense alega que a produção abordou o acidente de forma sensacionalista, desvirtuando o objetivo inicial do documentário.

Comentar

Veja Também  Evra é expulso antes de jogo após chutar torcedor do Olympique de Marselha
Tags

Mauricio Dias

Nada "além" do compromisso com a informação | Jornalismo independente

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios