Enteada milionária de senador é nomeada para cargo público com salário alto

0
237

O Governador do Amazonas Amazonino Mendes do PDT nomeou a filha do milionário da construção civil Nejmi Aziz, Emjen Jomaa Saldan para exercer um cargo na comissão chamado “AD1” na Secretaria da Fazenda do Estado, o Sefaz. De acordo com informações da Secretaria de Estado de Administração (Sead), o código da função é equivalente a R$ 5,200. A nomeação foi publicada no Diário Oficial do Amazonas na última terça-feira, dia 17 de outubro.

Nas redes sociais não existem detalhes sobre em que área trabalhava a nova assessora do Sefaz antes de ser indicada para tabalhar no ramo público. No Instagram, a jovem é vista em fotos tiradas em viagens de luxo, visitas a clubes em São Paulo, trajando vestidos e bolsas de luxo. Sabe-se que Amazonino entrou na campanha da eleição suplementar a pedido de Omar Aziz e já garantiu anteriormente te quem gratidão pelo coligado político. Seria essa uma demonstração de agradecimento?

Os eleitores de Amazonino demonstraram revolta com a nomeação da enteada do senado ao trabalho. A estudante de 20 anos é conhecida como patricinha pelos colegas da alta sociedade ela é chique e esbanjadora. Ela ostenta baladas e viagens de luxo por todo o mundo. Sempre bem vestida, Enjen Jomaa Saldan aparece com jóias da da Tiffany&Co, de acordo com o portal CM7, o valor dos exemplares giram em torno de R$ 500 mil. A milionária passou uma temporada estudando na Suíça, mas não teria uma experiência tão grande para exercer o cargo para qual fo nomeada. Ela ainda teria, segundo o site, uma ajuda de custo de R$ 50 mil todos os meses vinda dos pais.

Quem estava no cargo anteriormente era André Vinícius Braga da Silva, que foi exonerado em 5 de outubro deste ano. Entre os comentários, muita gente demonstrou indignação com o acontecimento. “Temos milhões de pessoas desempregadas, inclusive na minha casa. Já pedi emprego para o governo e ninguém ajuda, agora essa riquinha que nem precisa ganha um com salário alto”, escreveu Rosa Simões. “Vai na Assembléia ou na Câmara que dá pra ver as meninas e meninos bem nascidos todos bem colocados, um arruma para o parente do outro, empregando sempre para manter o dinheiro na família”, comentou Paula Sicsu.

Veja Também  Dornelles assume governo do Rio após prisão de Pezão

Favores políticos e nomeações de parentes, mesmo sendo proibidos ainda são frequentes no Brasil. Não se sabe exatamente se esse é o caso, mas uma investigação precisa ser feita para que tudo seja esclarecido. O povo do Amazonas já demonstrou toda a indignação com a nomeação, o governo deve uma resposta.

Com informações (news365)

Comentar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui