Goleiro da seleção brasileira diz se espelhar em Rogério Ceni

O goleiro Ederson vem sendo um dos destaques do Manchester City, do técnico Pep Guardiola, neste início de temporada europeia. O excelente desempenho do arqueiro brasileiro pelo Benfica na última temporada o levou a ser contratado pelo Manchester City por 40 milhões de euros (R$145 milhões), valor recorde pago por um goleiro, e convocado para a seleção brasileira, onde briga pela titularidade com Alisson.

Desconhecido por boa parte dos brasileiros antes de explodir no futebol europeu, Ederson passou pelas categorias de base do São Paulo antes de se transferir para o futebol português. Não à toa, o goleiro afirmou nesta semana que a sua principal inspiração é o ídolo tricolor Rogério Ceni. “É meu único ídolo e sempre vai ser a minha principal inspiração. Ainda vejo muitos vídeos dele, tanto de defesas quanto de saída de bola. A qualidade que ele tinha era impressionante”, afirmou.

Além de se destacar pelas defesas, tendo sofrido apenas cinco gols em 11 jogos na atual temporada e passado sete partidas sem ser vazado, Ederson também tem se destacado com a bola nos pés (uma exigência de Pep Guardiola), seja fazendo a saída de bola (possui 84,6% de aproveitamento nos passes, líder do quesito entre os goleiros do futebol inglês) ou saindo do gol para interceptar as jogadas dos adversários. Essas características foram muito marcantes na carreira de Rogério Ceni, que teve uma grande importância para a evolução da posição de goleiro.

Comentar

Veja Também  Atlético Paranaense vence o Sport por 2 x 1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui