Marido mata mulher a facadas na frente das filhas após vítima descobrir traição

Um homem de 32 anos foi preso pela Polícia Civil nesta sexta-feira (20), suspeito de matar a mulher dele a facadas na frente das três filhas, com idades entre seis meses e cinco anos, no último dia 13, no Bairro Novo Paraíso II, em Cuiabá. Segundo a polícia, a vítima, Ana Paula Assunção da Silva, de 28 anos, foi morta após descobrir uma traição do marido, Abel Cassiano de Assis.  À polícia, porém, ele alegou um surto psicótico e disse que não se lembra do assassinato, apenas que discutiu com a mulher dele.

De acordo com as investigações da Polícia Civil, o casal se desentendeu depois que a mulher descobriu uma traição do marido. O suspeito, então, desferiu um golpe de faca contra a vítima, na frente das filhas, dentro da casa em que eles moravam. A mulher conseguiu correr até a casa de uma vizinha, mas foi agarrada pelo marido antes de conseguir ajuda. Conforme a polícia, a vítima foi arrastada da porta da vizinha até o meio da rua, onde o suspeito terminou de esfaqueá-la, abandonando o corpo e fugindo, em seguida.

A prisão preventiva do suspeito foi expedida pela Justiça na segunda-feira (16) pela 1ª Vara de Violência Doméstica de Cuiabá. Ele foi procurado, mas decidiu se entregar apenas após a delegada Juliana Chiquito Palhares, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), entrar em contato com o advogado dele. O suspeito se apresentou na sede da DHPP nesta sexta-feira, onde foi notificado da ordem de prisão e interrogado. Para a delegada, ele afirmou que a mulher o ameaçava de morte e o pertubava. Ele será apresentado em audiência de custódia e, se a prisão for mantida, deverá ficar recolhido em uma unidade prisional da capital.

Veja Também  Mulheres são presas tentando entrar na PEC com maconha escondida na vagina

Com informações (G1)

Comentar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui