Feminicídio;Trio é preso suspeito de assassinar mulher em Goiânia

0
190

Três pessoas foram presas pelo latrocínio cometido contra Débora Regina Garcia Canuto, de 36 anos. O crime aconteceu no último dia 11 de setembro, no Parque Anhanguera, em Goiânia. O trio não levou nada e fugiu do local após atingir a vítima com um tiro nas costas. Ela morreu na hora. Segundo o delegado Valdemir Pereira da Silva, titular da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), André Luís Gomes de Nascimento, de 23 anos, e Marcos Vinicius Nascimento Oliveira, de 19, já possuem antecedentes criminais por roubo e porte ilegal de arma e já estão com a prisão preventiva decretada pelo crime de latrocínio.

Já Arthur Luan Evangelista de Souza, tinha 17 anos quando aconteceu o crime e será encaminhado para a Delegacia de Apuração de Atos Infracionais (Depai). Todos confessaram a participação no crime. “Já foi enviado a cópia do inquérito para a Depai e, posteriormente, será requerida a internação dele. Porém, ele já foi autuado por associação criminosa, pois estavam tramando um novo assalto que seria cometido no dia em que foram detidos”, destaca o titular.

No dia do crime, Débora conversava com mais cinco amigos na porta da residência de um deles, na Rua Carlos Gomes, quando foram surpreendidos pelos criminosos. Ao se assustarem, o grupo tentou entrar no imóvel. Nesse momento a arma foi disparada e Débora foi atingida nas costas. Ela não resistiu ao ferimento e morreu no local. O crime começou a ser investigado pela Delegacia de Investigações de Homicídios (DIH), mas foi transferido para a Deic, depois que foi levantada a hipótese do latrocínio. Imagens de câmeras de segurança auxiliaram na conclusão do inquérito.

Com informações (Mais Goiás)

Veja Também  Marido mata mulher a facadas na frente das filhas após vítima descobrir traição

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here