Feminicídio;Trio é preso suspeito de assassinar mulher em Goiânia

0
279

Três pessoas foram presas pelo latrocínio cometido contra Débora Regina Garcia Canuto, de 36 anos. O crime aconteceu no último dia 11 de setembro, no Parque Anhanguera, em Goiânia. O trio não levou nada e fugiu do local após atingir a vítima com um tiro nas costas. Ela morreu na hora. Segundo o delegado Valdemir Pereira da Silva, titular da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), André Luís Gomes de Nascimento, de 23 anos, e Marcos Vinicius Nascimento Oliveira, de 19, já possuem antecedentes criminais por roubo e porte ilegal de arma e já estão com a prisão preventiva decretada pelo crime de latrocínio.

Já Arthur Luan Evangelista de Souza, tinha 17 anos quando aconteceu o crime e será encaminhado para a Delegacia de Apuração de Atos Infracionais (Depai). Todos confessaram a participação no crime. “Já foi enviado a cópia do inquérito para a Depai e, posteriormente, será requerida a internação dele. Porém, ele já foi autuado por associação criminosa, pois estavam tramando um novo assalto que seria cometido no dia em que foram detidos”, destaca o titular.

No dia do crime, Débora conversava com mais cinco amigos na porta da residência de um deles, na Rua Carlos Gomes, quando foram surpreendidos pelos criminosos. Ao se assustarem, o grupo tentou entrar no imóvel. Nesse momento a arma foi disparada e Débora foi atingida nas costas. Ela não resistiu ao ferimento e morreu no local. O crime começou a ser investigado pela Delegacia de Investigações de Homicídios (DIH), mas foi transferido para a Deic, depois que foi levantada a hipótese do latrocínio. Imagens de câmeras de segurança auxiliaram na conclusão do inquérito.

Com informações (Mais Goiás)

Comentar

Veja Também  Homem morre após ser baleado em cima da cama

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui