Vídeo de agressão dentro de escola em Cambé viraliza na internet

0
290

Ganhou repercussão nas redes sociais o vídeo de uma agressão sofrida por uma aluna no Colégio Estadual Antônio Raminelli, de Cambé. Nele, outra aluna puxa o cabelo e desfere tapas, joelhadas e até chutes na cabeça e no corpo da adolescente, que não consegue reagir. O caso ocorreu nesta quarta-feira (25). Enquanto as cenas eram gravadas, outros alunos incentivavam a agressão. Depois dos chutes que acertaram a cabeça, eles separam a agressora, enquanto a adolescente agredida ficou caída no chão, protegendo o rosto. Para o diretor do colégio, Orlando Botelho, este foi um caso isolado. As duas alunas, de 14 anos, estudam na mesma sala, no ensino fundamental e nunca tiveram problemas. De acordo com Botelho, os atritos teriam começado por pequenas provocações, fofocas e deboches de uma com a outra.

A direção da escola aguarda decisões superiores para tomar medidas como, por exemplo, que as alunas estudem em salas separadas. A decisão deve ser tomada pelo conselho escolar, que é composto pela diretoria, professores, servidores e pais. “A nossa intenção é mediar conflitos”, disse Botelho em entrevista à Paiquerê. Pelo Estatuto da Criança e do Adolescente, as alunas não podem ser suspensas, nem expulsas do colégio, disse o diretor. A mãe da adolescente registrou boletim de ocorrência na delegacia de Cambé.

Veja Também  Pai de aluna que apanhou na escola tenta matar estudante

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here