Procurador alega que denúncia sobre fraude no IPTU partiu da prefeitura de Londrina

0
152

O procurador-geral do município de Londrina, João Luiz Esteves, afirma que a denúncia sobre um suposto esquema de fraudes com o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), na Secretaria Municipal de Fazenda, partiu da própria administração municipal. De acordo com o procurador, os casos envolvendo pedidos de propina por servidores públicos teriam ocorrido em gestões passadas e foram denunciadas ao Ministério Público de Londrina pelo prefeito Marcelo Belinati (PP).

O procurador-geral ainda declarou que a investigação começou a ser feita pela Secretaria de Fazenda, Controladoria-Geral do município e, inclusive, o Ministério Público e o Grupo de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) foram informados sobre o suposto esquema criminoso. “O intuito é que o MP e o Gaeco possam abrir inquéritos para fazer averiguação. Esta notificação aconteceu em julho”.
A Corregedoria do Município de Londrina também está fazendo uma investigação interna sobre o suposto esquema de fraudes no IPTU. O golpe consistia em “dar baixa” na dívida de contribuintes, sem que o dinheiro do tributo entrasse nos cofres do município.

Comentar

Veja Também  Justiça manda bloquear bens de ex-prefeita de Abatiá

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui