Estado Islâmico ameaça matar príncipe George, diz imprensa internacional

O Estado Islâmico teria ameaçado matar o príncipe George em um ataque à sua escola, segundo informações publicadas em jornais estrangeiros como Mirror e Daily Star neste fim de semana. As mensagens teriam sido enviadas por meio do aplicativo de Telegram, que mantém a localização do usuário em sigilo, com textos criptografados. O primogênito de William e Kate Middleton, duque e duquesa de Cambridge, tem 4 anos e é aluno da pré-escola Thomas’s Battersea, em Londres.

De acordo com o que foi divulgado, um canal ligado ao grupo terrorista teria publicado uma foto do pequeno príncipe em que aparece próximo à escola e usado a seguinte legenda: “A escola começa cedo”. Segundo o The Star, o post teria incluído ainda uma mensagem escrita em árabe que poderia ser traduzida como “quando a guerra vem com a melodia das balas, nós caímos na descrença, desejando retaliação”.

Comentar

Veja Também  Mulher é devorada viva por porcos após desmaiar em chiqueiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui