Homem mata adolescente e vende partes do corpo como “carne de capivara”

0
162

É uma dessas notícias chocantes que demoramos para entender e aceitar como verdade. Mas a fome que se instaurou na Venezuela é responsável por histórias terríveis. Um venezuelano matou um adolescente e vendeu com sucesso as partes do corpo como carne de capivara salgada, informou a mídia local.

Abel Davis Hernández, de 27 anos, matou Liu Eduard Cabrera Rodríguez de 17 anos por volta de março de 2016, depois que o jovem se recusou a dar a Hernández duas iguanas, momento em que o assassino o matou, desmembrou seu corpo e pôs a venda as partes do corpo salgado em um mercado local na cidade de Los Güires, estado de Delta Amacuro, alegando que era carne de Capivara.

Hernández havia evitado as autoridades durante mais de um ano usando o cartão de identidade do seu irmão, mas foi capturado com sucesso pelas forças de segurança do país na quinta-feira passada. Uma população faminta também levou a outros incidentes extraordinários de pessoas à procura de alimentos, que incluem pessoas que comem cães vadios e roubando animais de zoológicos para não morrer de fome.

Em outubro passado, o governo foi acusado de não fazer nada para impedir que um canibal notório, conhecido como “People Eater”, matasse e comesse seus filhos e forçasse outros prisioneiros a comer carne humana ou enfrentariam o mesmo destino.

Os dados revelam que a maioria dos venezuelanos permanece com fome, enquanto 15 por cento das pessoas buscam comida no lixo apenas para sobreviver. Uma pesquisa anual sobre as condições de vida venezuelanas revelou em maio que quase 75% dos entrevistados perderam uma média de 19 quilos sem intenção no ano passado, e 82% das famílias vivem na pobreza.

Veja Também  Urgente; aviões Russo aterrizam na Venezuela com equipamentos e militares

Comentar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui