Jovem de 26 anos se casa com mulher 91 visando lucro e dá mal

0
129

Em 2015, o jovem Maurício Ossola, então com 23 anos, casou-se com a tia-avó, Yolanda Torres, de 91 anos. Um ano depois, a professora aposentada viria a falecer e a Administração Nacional de Segurança Social da Argentina (Anses) negou a pensão que seria repassada ao viúvo.

Hoje, com 26 anos, o argentino promete levar ao tribunal a questão, afirmando que tem direito a receber o dinheiro do governo. Para o governo argentino, a união entre Maurício e Yolanda não é legítima, por isso, o homem estará lutando por uma aposentadoria que ele não tem direito.

Do outro lado, o argentino garante que a união com a tia-avó foi dentro da legislação, apesar do parentesco e da diferença de idade dos dois. Ao jornal “El Tribuno”, o viúvo comentou que a ideia do casamento surgiu por parte de Yolanda, que não queria que Maurício abandonasse os estudos.

Com o casamento, o homem conseguiria o dinheiro para realizar o “último desejo” da tia-avó. O jovem ainda conta que a cerimônia aconteceu quando estava prestes a largar os estudos pois teria que começar a trabalhar. Maurício vivia com Yolanda, a mãe, o irmão e a avó na cidade de Três Cerritos, e afirma que uma cerimônia simples foi realizada ao norte da província de Salta.
A

lei Argentina afirma que a aposentadoria pode ser repassada para o viúvo ou viúva, se for comprovado que a pessoa é incapaz de obter renda por outra maneira. Não seria o caso de Maurício, que está trabalhando como advogado na Argentina. Mesmo assim, o argentino garante que continuará lutando porque, conforme as próprias palavras, amou Yolanda da “maneira mais pura” que se pode amar alguém.

É adiantado por veículos locais que Maurício pode ganhar a causa. Mesmo que a previdência argentina alegue que fica claro que o casamento aconteceu para o jovem advogado conseguir um benefício, o que fica mais aparente conforme as próprias falas do argentino, um caso semelhante aconteceu na Argentina há 10 anos. Um jovem de 24 anos casou-se com uma idosa de 82 anos. Depois do falecimento dela, o homem, Reynaldo Wabeke, conseguiu a pensão.

Veja Também  Enquanto brincava sob a chuva, raio cai ao lado de menino; Vídeo

Via news365

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here