Mulher é estuprada e obrigada a ficar cerca de 6 horas em poder do criminoso

Vítima, seguia para o condomínio Chapada dos Bandeirantes, no bairro Chácara dos Pinheiros, região do Coxipó, quando foi abordada pelo suspeito que primeiro anunciou assalto. Homem de cerca de 1,60 metros de altura, magro e com tatuagens de sol nas pernas e barriga, surpreendeu a vítima na rua Santo Antônio, perto de um clube.

Ela mora no mesmo bairro, na rua Santa Maria e estava indo na casa de uma amiga no condomínio. Relatou para a Polícia Militar que o criminoso anunciou roubo e foi logo entregando seu aparelho celular, porém, ele a obrigou a entrar em uma quitinete, onde manteve relação sexual forçada com ela e a fez permanecer no local por cerca de 6 horas.

Depois de liberada, vítima acionou a polícia e foi encaminhada para a Policlínica do Coxipó, onde recebeu orientação de como proceder em caso de estupro. Posteriormente seguiu com a polícia até a Central de Flagrantes, onde o crime foi registrado.

Pesquisa

Dados do Anuário da Segurança Pública 2017, apontam redução de 9,1% no número de vítimas de estupro em Cuiabá. Segundo a pesquisa, em 2015 foram 385 casos de estupros na Capital, enquanto que em 2016 foram 353 casos.

Conforme os dados, a Capital foi a que mais registrou queda nos índices na região Centro-Oeste e Distrito Federal. Com relação ao país, Cuiabá ocupa a 7ª colocação de 11 capitais que tiveram queda nos números.

Via Gazeta Digital

Comentar

Veja Também  Criança morre ao ficar dentro de carro
Tags

Mauricio Dias

Nada "além" do compromisso com a informação | Jornalismo independente

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios