Versão de música de Tim Maia rende processo contra o Corinthians

0
217

A versão de uma música de Tim Maia criada pela torcida do Corinthians gerou um processo contra o clube. A gravadora Warner Chapell, que detém os direitos sobre a obra do cantor, acionou a Justiça para cobrar indenização pelo uso da canção em campanha publicitária e em camisetas. A empresa alega não ter autorizado o uso.

Os torcedores corintianos criaram uma versão de “Não Quero Dinheiro (Só Quero Amar)” que diz: “A semana inteira fiquei esperando para ter ver Corinthians, para ver jogando…”.

A gravadora estima que a licença para utilização da música em publicidade custaria cerca de R$ 400 mil e que a indenização material tem que ser calculada a partir de dez vezes este valor: R$ 4 milhões. Há também pedido de indenização por danos morais. O Corinthians ainda não foi notificado do processo.

Comentar

Veja Também  Com gol no primeiro minuto, Londrina vence Foz diante de público pequeno

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui