Bola de Ouro será entregue no dia 7 de dezembro em “lugar excepcional”

0
124

A revista “France Football” anunciou nesta sexta-feira que vai entregar a Bola de Ouro deste ano no dia 7 de dezembro, em um “lugar excepcional”, sem especificar onde. A Torre Eiffel, em Paris, deve ser o cenário da festa. O evento terá transmissão ao vivo no canal de vídeos do jornal “L’Equipe”, apresentada pelo ex-jogador francês Ginola, a partir de 16h45 (de Brasília).

É um orgulho imenso apresentar esta prestigiada noite. Em 1999, quando jogava no Tottenham, tive o privilégio de ser um dos indicados para a Bola de Ouro. Para qualquer jogador de futebol, vencer é a melhor recompensa, o que torna um grande jogador em jogador excepcional – disse Ginola à “France Football”.

A Bola de Ouro foi criada em 1956 pela “France Football” para eleger o melhor jogador europeu do ano, com votos de jornalistas. A partir de 1995, o prêmio passou a avaliar também atletas nascidos em outros continentes, o liberiano George Weah foi o primeiro vencedor.

Em 2010, a revista e a Fifa unificaram o troféu de melhor do mundo criando a Bola de Ouro Fifa, juntando votos de jornalistas e capitães e técnicos das seleções. Com o fim da parceria em 2015, foi criado o Fifa The Best, entregue duas vezes em 2017: em janeiro, relativo a 2016, e outubro, pelos feitos na temporada europeia terminada em agosto.

Ganhador da volta da Bola de Ouro em dezembro passado, Cristiano Ronaldo é o favorito para bisar a conquista no próximo mês. Assim, também se igualaria aos cinco troféus desse que o argentino Messi tem na estante – na eleição da Fifa, também virou penta como o craque do Barcelona.

Além dos dois, a France Football anunciou em outubro passado mais 28 jogadores como finalistas do prêmio. Entre eles, estão três brasileiros: Neymar, Philippe Coutinho e Marcelo.
Assim como havia homenageado Maradona quando abriu a eleição para estrangeiros em 1995, a “France Football” decidiu refazer suas contas para incluir Pelé no prêmio mundial.

Veja Também  Londrina domina o Paysandu e engata a terceira vitória consecutiva na Série B

Em dezembro de 2015, a revista divulgou que o Rei seria o vencedor da Bola de Ouro em sete ocasiões, tornando-se assim o recordista da premiação: 1958, 1959, 1960, 1961, 1963, 1964 e 1970.

Via : globoesporte.globo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here