Assaltante atira na cabeça da vítima e diz: “Não sabia que o tiro ia pegar nele”

0
331

Um assalto quase terminou em tragédia na tarde da última quarta-feira (8) em Belém do Pará. O bandido, identificado como João de Souza, tentou roubar e ainda atirou na cabeça do estudante Daniel de Brito, de apenas 19 anos.

O criminoso foi detido e preso ainda na tarde de sexta-feira (10), quando decidiu pedir desculpas por ter ferido a vítima. Conforme relato de Souza, esse era apenas o segundo assalto da sua vida e a intenção não era de acertar o estudante.

“Peço desculpas para a família”, teria dito o assaltante em entrevista. Mesmo primeiro tendo dito que tinha a arma há três anos, Souza mudou o depoimento e afirmou que entrou nessa vida apenas porque precisa de dinheiro para sobreviver.

O criminoso ainda afirmou que não tinha a intenção de ferir ninguém, mas que como não sabe atirar, por ser um dos primeiros assaltos, a mira saiu do controle e acabou acertando Daniel. O pedido de desculpas e a história de Souza pareciam comoventes, até que uma tia do suspeito chegou a delegacia da Polícia Civil.

A mulher, que não quis ser identificado, afirmou que estava sentindo vergonha pelas palavras do sobrinho. Conforme a tia, o assaltante estava nessa vida porque queria, afinal, há oito meses o jovem mora com a vó, que sustenta ele e outros três netos.

A mulher ainda contou que o rapaz morava no município de Colares e trabalhava ajudando a mãe em uma loja de artigos de praia. No entanto, a mãe de Souza morreu há oito meses, quando o garoto teve que mudar-se para Belém. A tia garantiu que é mentira que o rapaz precisa roubar para sobreviver.

Em frente a todo mundo, a mulher deu uma dura no jovem, dizendo que era inaceitável os roubos, ainda mais tendo como desculpa que precisava de roupas para o Natal. Souza pode pegar de 7 á 15 anos de prisão pelo roubo com tentativa de homicídio.

Veja Também  Jovem é detida com quase 20kg de maconha em malas

No crime, que aconteceu na tarde da última quarta, Daniel estava indo trabalhar na ótica do pai, quando foi abordado por Souza. O jovem estudante tentou correr, quando o assaltante atirou pelas costas.

O impressionante é que Daniel levou o tiro na cabeça, mas conseguiu levantar novamente e sair correndo buscar ajuda. A vítima passou por uma cirurgia e está bem. O crime aconteceu na Avenida Alcindo Cacela, no bairro Umarizal.

Veja o vídeo

Via : news365

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here