Enquanto Gleisi pede dinheiro pras “caravanas”, MPF pede bloqueio de 24 milhões de Lula e seu filho

0
95

O Ministério Público Federal pediu o bloqueio de R$ 24 milhões em bens e valores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e de seu filho Luis Claudio Lula da Silva. A solicitação de bloqueio foi feita em 27 de setembro, mas foi revelada pelo site da revista “Época” nesta quinta-feira (16).

A manifestação do MPF foi feita no processo, ligado à Operação Zelotes, em que o ex-presidente é acusado dos crimes de tráfico de influência, lavagem de dinheiro e organização criminosa. A denúncia aponta suposta atuação de Lula para interferir na compra de 36 caças do modelo Gripen pelo governo brasileiro e na prorrogação de incentivos fiscais destinados a montadoras de veículos por meio de uma MP (Medida Provisória).

Os casos ocorreram entre 2013 e 2015, quando Lula já não era presidente –à época, a presidente era a também petista Dilma Rousseff, ex-ministra dos governos Lula.

Segundo o MPF, na condição de ex-presidente, Lula integrou um esquema que vendia a promessa de que ele poderia interferir junto ao governo para beneficiar as empresas MMC, grupo Caoa e Saab. A denúncia acusa Luis Cláudio de ter recebido ao menos R$ 2,5 milhões de empresários ligados ao suposto esquema.

A Operação Zelotes investiga a manipulação de processos no Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais), órgão colegiado do Ministério da Fazenda, última instância administrativa dos processos fiscais. É ao Carf que os contribuintes recorrem para contestar multas.

De acordo com as investigações, empresas de advocacia e consultorias influenciavam e corrompiam integrantes do Carf. Dessa forma, manipularam trâmite e resultado de processos e julgamentos envolvendo empresas interessadas em anular ou diminuir os valores dos autos de infrações emitidos pela Receita Federal.

Veja Também  Câmara aprova projeto que revoga o aumento do IPTU em Londrina

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here