Bebê morre após ser empurrado de volta para o útero da mãe

Andréa Marcilene Aires Garcia, 22, foi internada no dia 25 de outubro no Hospital São Luiz, em Cáceres, a 220 km de Cuiabá (MT), ela deu a luz a um menino que morreu após o parto, os familiares da jovem suspõem que o hospital tenha cometido erros durante o parto.

A mãe da jovem, Nilza Aires, disse que os médicos insistiram em fazer o parto normal, mas, depois que viram o tamanho do bebê, tentaram forçar o retorno dele ao útero para uma cesariana. Nilza relatou que uma enfermeira chegou a subir na barriga de Andréa para forçar a saída do bebê.

A assessoria jurídica do Hospital São Luiz, informou que a unidade não tem conhecimento sobre o fato. O marido da jovem, Rosanio Oliveira da Silva, registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil do município, no dia 28 de outubro, no dia da morte do filho.

O Hospital São Luiz informou que as médicas denunciadas pela família trabalham na unidade, mas que desconhece o caso. O boletim de ocorrência refere que o bebê teve uma parada cardíaca após o nascimento e foi encaminhado para a UTI neonatal do hospital, onde ficou internado durante três dias.

Fonte : Portal CM7

Veja Também  PF encontra drogas, jóias, armas e munições em casas de deputados
Tags

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker