Menininha é estuprada com uso de ácido na genitália: ‘Queria que doesse muito’

Alguns crimes que ocorrem no Brasil são verdadeiramente chocantes. Um caso que teria acontecido em uma praia de Maceió, no estado de Alagoas, por exemplo, mais se parece com filme de terror. Uma menininha foi abusada sexualmente e, durante o ato de estupro, o suspeito introduziu ácido na genitália da menor de idade.

O caso foi denunciado na segunda-feira (20). O caso ganhou destaque no site Gazeta da Web, após a mãe da menina, de nome Madalena, dar uma entrevista reveladora. Madalena, chorosa, disse à televisão que o ácido utilizado no abuso prejudicou muito à saúde da filha.

A menor teve que ser levada às presas para um hospital da região, onde algo muito grave foi descoberto. Estuprada com ajuda de ácido tem hemorragia na genitália e estado de saúde é preocupante. O uso do ácido acabou provocando uma grande hemorragia interna na menina.

Ela agora está sob os cuidados de médicos e a mãe espera que o pior já tenha passado. Segundo Madalena, a filha e uma prima marcaram um encontro com um casal na praia sem que a família soubesse. Ambas deveriam estar na escola, mas preferiram ir ao local sem avisar nenhum parente.

Ao chegarem à praia, as duas garotas se dividiram. A menina que foi abusada sexualmente foi levada para um ponto isolado. Ao voltar para a sua residência, ela estava com um forte sangramento.

Por isso, a família da menor acredita que o suspeito tenha usado algum tipo de ácido na menina, para conseguir provocar tamanhos machucados. O tal casal ainda teria a companhia de uma terceira pessoa, que foi a que realizou propriamente dito o abuso sexual contra a menina, de apenas 15 anos.

Veja Também  PRF, PF e Denarc apreendem mais de meia tonelada de maconha na RMC

Após estupro em praia de Maceió, suspeito ainda continua impune; polícia investiga caso

O episódio teve grande repercussão na região pela forma como a menina foi estuprada e também por ela ter saído e mentido para a família, tendo um grande castigo em sua vida. Por enquanto, a polícia de Maceió ainda investiga o caso que aconteceu em uma famosa praia da região e tenta entender o crime.

Uma possibilidade é que o casal em questão agenciasse meninas menores de idade para a prostituição. A menina pode ser ouvida na elucidação do caso. Por enquanto, os suspeitos de realizarem o crime ainda não foram encontrados, mas continuam sendo procurados pela polícia. Madalena, por sua vez, diz que nunca ouviu falar dessas pessoas na região, o que pode dificultar e muitos as investigações.

Tags

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker