Novo golpe no WhatsApp faz milhares de vítimas no Brasil, fique atento

0
35

A rede de fast food Burger King está sendo usada como uma grande isca para usuários do WhatsApp caírem em um golpe dentro da plataforma.

Portanto, fique ligado e não caia nessa! O DFNDR Lab, um dos laboratórios de segurança digital da PSafe, descobriu que alguém desenvolveu uma pesquisa envolvendo a marca, que dá a entender que o usuário que respondê-la, e depois ainda compartilhar com 30 amigos, ganhará um cupom de R$ 50 para gastar como quiser em um dos restaurantes da rede.

Fácil assim, não é mesmo? No entanto, ao cadastrar os dados dentro dessa pesquisa, o que acontece é outra coisa.

Primeiro, após cadastrar os dados, como o número do celular, torna-se muito prejudicial. O usuário acaba, sem saber, sendo cadastrado em serviços pagos de SMS, aqueles que comem boa parte dos créditos.

Além disso, é pedido que a vítima baixe uma série de aplicativos, que acabarão infectando o aparelho.

O pior de tudo é que esses programas acabam sendo ferramentas para golpes financeiros virtuais.

No caso, o smartphone acaba ficando vulnerável, colocando os usuários em grande risco. Até agora, sabe-se que 350 mil pessoas caíram na armadilha.

Uma maneira muito fácil de não cair nesse tipo de golpe é sempre acompanhar os canais oficiais das marcas.

Se você perceber que existe uma pesquisa circulando em qualquer rede social, seja no Facebook ou WhatsApp, procure informações nas páginas da marca.

Por exemplo, a assessoria do Burger King informou que esse link que circula entre os usuários é falso e ainda contou que sempre coloca as promoções dentro das suas páginas.

Uma boa dica também é entrar em contato com a empresa. Atualmente, as grandes marcas contam com bom suporte pela própria página do Facebook.

Veja Também  Mecânico chama policiais de vermes no WhatsApp e se dá mal

E o mais importante de tudo após descobrir que é um golpe é sempre denunciar, para ajudar outras pessoas.

O cuidado sempre é pouco, ainda mais que esse é o segundo golpe envolvendo uma grande marca em menos de um mês.

Ainda em dezembro, Karpersky Lab descobriu que uma armadilha semelhante estava sendo compartilhada no WhatsApp, dessa vez envolvendo a marca Walmart.

Participando do golpe, o usuário acreditava que ganharia prêmios de até R$ 40 mil. No entanto, acontecia a mesma coisa que na mais recente armadilha, cadastro em programas de SMS pago e ainda download de aplicativos maliciosos.

Fonte: News 24hrs