Prefeito reduz o próprio salário, de 21 secretários e mil funcionários públicos

O prefeito de São José dos Pinhais, cidade da região metropolitana de Curitiba, decidiu reduzir em 10% o salário dele e de seu vice.

0
43

O prefeito de São José dos Pinhais, cidade da região metropolitana de Curitiba, decidiu reduzir em 10% o salário dele e de seu vice.

Vinte e um secretários e outros mil servidores, comissionados ou que recebem função gratificada, também receberão menos.

A lei sancionada pelo prefeito Toninho Fenelon (PSC) já vale a partir deste mês. “A crise econômica que sentimos em 2017 já dava sinais de que em 2018 não seria diferente.

Ainda vamos sentir o seu reflexo até que a economia nacional volte a crescer e com isso tenhamos uma receita que permita mantermos nossas contas em dia, e também possamos fazer novos investimentos na cidade”, explicou o prefeito.

O desconto nos salários dos cargos comissionados e no valor das funções gratificadas deve gerar uma economia de mais de R$ 4,5 milhões ao ano.

O prefeito lembra que esta é apenas mais uma das medidas tomadas em sua gestão diante da crise econômica.

“Desde que assumimos a administração, há um ano, iniciamos um trabalho incessante de cortar gastos e readequar programas já que com a arrecadação menor não seria possível manter o equilíbrio das contas.

Desde o ano passado renegociamos contratos, e tomamos medidas administrativas, como o corte dos cargos comissionados, das horas extras e auditoria na concessão de benefícios”, conta.

Fonte: bonde.com

Veja Também  Gleisi é hostilizada e quase apanha em avião em Brasília; Vídeo