Lula é condenado por unanimidade por desembargadores do TRF4

Em decisão unânime, tribunal condena Lula em 2ª instância e aumenta pena de 9 para 12 anos

0
193
(Foto: Reprodução/EBC)

Os três desembargadores da 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) votaram pela condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A apelação era contra a condenação de 9 anos e 6 meses de prisão no caso do tríplex do Guarujá, que foi aplicada pelo juiz Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância da Justiça Federal, em Curitiba (PR).

O desembargador João Pedro Gebran Neto, votou pela manutenção da condenação do petista e ainda pelo aumento da pena para 12 anos e um mês de reclusão e 280 dias-multa. O revisor, Leandro Paulsen, que votou logo após o intervalo, também votou pela condenação e aumento da pena.

Com a maioria dos votos, o último a votar, Victor Luiz dos Santos. Ele votou pela condenação e ainda afirmou que existem provas para tal voto.

“Existe um grupo de provas sobre o fato de que foi ocultado pelo casal Lula a propriedade dessa unidade habitacional. Isso são provas documentais”, diz.

“Temos ainda as provas testemunhais”, diz o desembargador. Sendo assim, o ex-presidente Lula agora pode recorrer ao TRF4.

Comentar

Veja Também  PT vê chances de Lula ser preso antes da Páscoa