Padrasto é suspeito de estuprar enteada de 11 anos em Arapongas

Em Arapongas, padrasto é suspeito de estuprar enteada de 11 anos

0
159
(Foto: Reprodução/militanciamaterna)

Em entrevista concedida na tarde de quinta-feira (25), o delegado adjunto da 22º Subdivisão Policial (SDP) de Arapongas, Aldair da Silva Oliveira, falou sobre o caso da criança de 11 anos que teria sido estuprada pelo próprio padrasto.

Aldair não confirmou o nome do suspeito que foi preso em flagrante na noite da última terça-feira (23), pois segundo ele, o inquérito ainda não foi concluído. No entanto, o delegado afirmou que o homem de 42 anos permanece detido na carceragem da Cadeia Pública do município. A vítima será submetida a tratamento psicológico, que visa diminuir os danos causados pelo longo período de abusos sofridos.

O caso
Um homem de 42 anos foi preso pela Polícia Militar após ser flagrado abusando sexualmente da própria enteada, uma criança de apenas 11 anos. A ocorrência foi registrada na noite de 23 de janeiro, em uma residência localizada no Conjunto Padre Chico, em Arapongas.

Por volta das 23h30min, as equipes policiais foram acionadas pela mãe da menina, a qual teria sentido a falta de seu amásio no quarto, e ao ir até a sala da moradia para localizá-lo, flagrou o mesmo acariciando as partes íntimas de sua filha. A mulher “partiu para cima” e eles entraram em luta corporal.

O suspeito foi preso em flagrante e foi encaminhado à 22ª SDP.

Ainda segundo a PM, posteriormente, a criança relatou que vinha sofrendo abusos desde o mês de abril de 2017, no entanto não teria contado nada a sua mãe por receio de alguma reação do padrasto.

Aos policiais a garota chegou a contar detalhes dos abusos, afirmando que em diversas ocasiões o elemento acariciava suas partes íntimas, antes de manter relações sexuais com ela.

Veja Também  Jovem é morto a tiros em Umuarama

Via: diaadiaarapongas.com.br