Anderson Di Rizzi diz que seu personagem é devagar até demais’

Acostumado com personagens mais cômicos, Anderson Di Rizzi, 39, vive um desafio ao interpretar Juvenal, de “O Outro Lado do Paraíso” (Globo). Sensível, o lapidador de pedras disputa o amor de Estela (Juliana Caldas) com o comprador de esmeraldas Amaro (Pedro Carvalho).

“Pelo que me parece, Juvenal é uma pessoa que ama o que faz, é de confiança e se aproxima da Estela sem nenhum interesse. Ele gosta da presença dela, mas no início não saca que está apaixonado.”

O ator admitiu que estava receoso com o que o público acharia de seu trabalho. “Dessa vez, não temos tantas cenas cômicas, como tinha com a maioria dos meus personagens. O público estava acostumado a me ver assim [de forma engraçada]. Mas eu me surpreendi com os elogios.”

Anderson, que chegou a fazer aulas de tai chi chuan para se conectar com o personagem, brincou com o jeito tímido de Juvenal. “Acho que ele é devagar até demais [risos]. Mas é um cara sincero e romântico, do jeito dele.”

Antes de começar a gravar com Juliana Caldas, ele convidou a atriz para fazer um laboratório. A ideia era conhecer um pouco mais sobre o universo do nanismo.

“Ela disse que preferia que eu não me abaixasse para conversar com ela, me explicou que não consegue usar o caixa eletrônico, disse que não sai de casa durante temporal porque as pessoas e carros passam correndo pela rua e a deixam encharcada… Me senti feliz por ela compartilhar isso comigo. Meu santo bateu com o dela.”

  • PATERNIDADE

Essa é a quinta novela escrita por Walcyr Carrasco da qual Di Rizzi participa. Mas o trabalho atual tem um gosto especial para o ator, que agora é pai de Helena, de seis meses, fruto do relacionamento com sua mulher, Taíse Galante.

Veja Também  Rubinho será morto por Sabiá em A Força do Querer

“Meu olhar mudou depois da paternidade. Inclusive na preparação que fizemos com os atores, eles notaram isso. A gente aprende com a paternidade a emanar mais amor. Isso acaba refletindo no meu trabalho”, diz ele, que se divide entre o Rio, onde grava a novela, e São Paulo, onde mora.

O nascimento de Helena foi muito aguardado pelo casal. Taíse estava se preparando para iniciar um tratamento contra a endometriose -de forma geral, doença na qual o endométrio se encontra fora do útero-, quando engravidou.

“Quando conheci minha mulher, ela me avisou que talvez teria que fazer tratamento para engravidar. Falei para ela deixar Deus encaminhar tudo. Aí ela parou de tomar anticoncepcional para a gente fazer um tratamento e ela engravidou antes, então não chegou a ser necessário”, relembra o ator, que fez uma postagem emocionante nas redes sociais quando a filha completou um mês de vida.

“Trinta dias se passaram e sei que estamos há muito mais tempo juntos, tamanha a intensidade de cada olhar que trocamos e de tantas emoções que vivemos. Na sua respiração, sinto que pulsa muito mais vida do que a cronologia indica e nos seus movimentos vou percebendo a força presente na delicadeza, a coragem na aparente fragilidade. Assim vou te descobrindo Helena, entendendo você na mesma medida em que me conheço como pai e compreendo cada vez mais o verdadeiro sentido da Vida”, escreveu.

Via: FOLHAPRESS

Tags

Related Articles

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker