Crianças não sabem mais como segurar um lápis

As crianças de hoje não têm mais força para usar um lápis

0
165
(Foto:Reproduçao/Pixabay)

A popularização da tecnologia e dos meios digitais está mudando a maneira como as pessoas interagem com outros objetos.

Um estudo recente realizado por pediatras e terapeutas da Fundação Heart of England, do Serviço Nacional de Saúde da Inglaterra, mostra que as crianças de hoje não conseguem segurar um lápis nas mãos.

Segundo os pesquisadores, isso acontece porque o uso excessivo de smartphones e tablets evita que os músculos dos dedos das crianças se desenvolvam o suficiente para garantir a execução de movimentos como esse.

“As crianças que estão indo à escola não têm mais a mesma força e destreza nas mãos como víamos há 10 anos atrás.

Elas recebem um lápis quando entram na escola, mas são cada vez menos capazes de segurá-lo porque não possuem as habilidades fundamentais do movimento”, explica Sally Pane, terapeuta ocupacional pediátrica da fundação.

Para conseguir mover um lápis, uma pessoa deve ter um controle dos músculos finos dos dedos e movê-los ao mesmo tempo, o que não tem acontecido com bebês e crianças pequenas. Muitas vezes os pais optam por brinquedos.

Os pediatras explicam que algumas crianças no Reino Unido já apresentam dificuldades para segurar canetas. Outro problema que tem crescido nos últimos anos é a dificuldade para escrever, ainda que existam aulas de caligrafia.

“É inegável que a tecnologia mudou o mundo em que nossas crianças estão se desenvolvendo.

E apesar de haver aspectos positivos desse novo uso, há também os impactos de uma vida mais sedentária e mais baseada em interações virtuais, com mais crianças passando tempo conectadas dentro de casa e menos tempo ocupando espaços ao ar livre ativamente

Veja Também  Guloseimas acabam e crianças atiram pedras em Papai Noel no interior de SP

Fonte: yahoo.com