Pastor desaparecido simulou sequestro e pediu resgate em bitcoin

Pastor forja seu próprio sequestro e pede resgate em bitcoin

0
284
(Foto: Reprodução)

Um pastor da Assembleia de Deus Missão, em São José dos Campos, interior de São Paulo, fingiu ter sido sequestrado para conseguir dinheiro de sua família. O crime foi descoberto pela polícia depois de o homem aparecer na delegacia e confessar a farsa.

A polícia revela que o pastor desapareceu por alguns dias e entrou em contato com a família, anunciando o sequestro e pedindo um resgate de três bitcoins, o equivalente a pouco mais de R$ 100 mil. O valor não foi pago.

“Nós recebemos uma denúncia ontem informando que o pastor tinha almoçado em um restaurante em Jacareí. Fomos até lá e pegamos a filmagem e vimos que ele estava tranquilo”, afirmou o delegado Neimar Camargo, em entrevista à TV Vanguarda.

Com a farsa descoberta, Alexandre Geraldo dos Anjos, o pastor, foi à delegacia, mas tentou manter a mentira, afirmando que tinha conseguido fugir do cativeiro. “Quando ele começou a contar a história do sequestro, já desconfiamos e ao pressioná-lo, ele revelou a mentira”, detalha o delegado. Anjos teria declarado que forjou seu sequestro porque estava com dívidas e precisava de dinheiro para pagar-las.

Depois de ter a ideia, o homem teria comprado uma linha pré-paga de São Paulo e enviado uma mensagem a um amigo, pedindo que avisasse seus parentes sobre o sequestro. Segundo os policiais o amigo também não sabia do crime.

O pastor foi liberado depois de seu depoimento, mas deve responder pelo crime de estelionato.

Comentar

Veja Também  Mulher descobre traição depois de ver vista de seu quarto no instagram de outra mulher