Hidrocefalia; mãe pede ajuda para comprar sonda gástrica para seu filho

Mãe pede ajuda na compra de sonda gástrica para filho com hidrocefalia

0
116
(Foto: Reprodução)

Uma mãe da zona sul de londrina pede ajuda para o filho, que depende de uma sonda gástrica para se alimentar. O problema é que o modelo mais moderno, com menos risco de infecção, não é fornecido pelo Sistema Único de Saúde e a família não tem dinheiro para a compra.

Guilherme tem dois anos. A mãe dele, Elisangela, teve uma gravidez de risco. O menino nasceu com hidrocefalia e perda de oxigênio no cérebro, mas está se desenvolvendo bem e já consegue andar e brincar. A dificuldade é com a alimentação, que precisa ser feita por uma sonda no abdômen desde o nascimento.

Conforme o menino cresce, a mangueirinha pendurada na barriga vai virando motivo de preocupação para a família, pelo risco de infecção. Existe uma outra forma de inserir alimentação, por meio dos chamados “bottons”, que se assemelham a um botão, que pode ser aberto e fechado e não tem mangueirinha balançando. O problema é que o aparelho custa R$ 1600 e a família não tem condições de pagar.
“Pelo amor de Deus, eu peço, assim, que se tiver alguém que possa fazer alguma coisa. Eu não quero nada, dinheiro, nada. Eu preciso da sonda com urgência”, desabafou a mãe.

(Reportagem: Lívia de Oliveira)

Fonte: Tarobá News

Veja Também  Pastor evangélico é suspeito de estuprar sete meninas no Recife