Dono de pastelaria é acusado de filmar mulheres no banheiro

A Polícia investiga o caso do dono de uma pastelaria, Martonio Alves Batista, acusado de filmar as mulheres no banheiro do estabelecimento.

O crime foi descoberto na última quinta-feira (8) por uma das funcionárias, que percebeu que havia um celular dentro da saboneteira.

Ao desconfiar, ela avisou o namorado, que foi até o local, no jardim Leonor, zona oeste de Londrina, e tentou atirar contra o proprietário. Ninguém ficou ferido. No entanto, a Polícia foi acionada e Batista acabou preso.

Entre as vítimas das filmagens, uma menor de idade estaria envolvida nas denúncias. “Batista foi preso em flagrante pelo crime do artigo 240, do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Ele já foi levado para a audiência de custódia, na qual o juiz decretou a prisão preventiva. A princípio, ele vai responder ao processo preso”, explicou a delegada do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente (Nucria), Lívia Pini, que está à frente do caso.

O celular utilizado para as filmagens foi encaminhado para a perícia. “Em 10 dias, o inquérito será finalizado e encaminhado ao Ministério Público para eventual oferecimento de denúncia”, afirmou Lívia Pini.

Veja Também  Apucarana; Homem é ferido a facada pelo padrasto após agredir e quebrar dentes de sua mãe
Tags

Related Articles

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker