PT vê chances de Lula ser preso antes da Páscoa

PT vê possibilidade de prisão de Lula antes da Páscoa

0
180
(Foto:Reproduçao/AP Photo/Leo Correa)

A cúpula do PT já admite que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pode ser preso antes da Páscoa, em 1º abril. As informações são do do jornal O Estado de S. Paulo.

Por causa disso, o partido decidiu intensificar a campanha para cobrar reação da militância nas ruas.

Em vídeo publicado em sua rede social, a senadora Gleisi Hoffmann, presidente do partido, falou pela primeira vez sobre a possibilidade de prisão do líder petista.

A senadora diz que a prisão do petista será o maior atentado à democracia no Brasil, conclama militantes a fazerem campanha contra e afirma que o PT “vai com Lula até as últimas consequências”.

Gleisi também criticou o que chamou de “inércia” do Supremo Tribunal Federal ao não analisar a legalidade de prisões em casos de condenação pela segunda instância antes de esgotados todos os recursos judiciais.

O Tribunal Regional Federal da Quarta Região (TRF-4) deve julgar o recurso impetrado pela defesa de Lula entre os dias 26 e 28 deste mês.

O PT não tem qualquer expectativa de reverter ali a sentença que condenou o ex-presidente a 12 anos e um mês de prisão no caso do tríplex do Guarujá.

Diante desse cenário, a defesa do petista pede que o Supremo julgue com urgência ações que tramitam na Corte, sob argumento do princípio constitucional da presunção de inocência.

No entanto, mesmo pressionada, a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia disse que não pretende colocar o assunto em votação novamente.

A estratégia do partido é a de registrar a candidatura de Lula em 15 de agosto, último dia do prazo fixado pela Lei Eleitoral, mesmo que ele esteja preso. Nesse caso, a sigla afirmará que ele é um preso político.

Veja Também  Bolsonaro denuncia bloqueio de convites para curtir sua página no Facebook

Fonte: yahoo.com

Comentar