Mulher joga soda cáustica em rival e é linchada até a morte

Patroa joga soda cáustica em funcionária e é linchada até a morte

0
235
(Foto: Reprodução)

Edvânia da Silva, de 40 anos, trabalhava com faxineira na casa da vigilante Ana Luiza Caetano da Silva, também com 40 anos. De acordo com vizinhos, as duas teriam brigado e a patroa passou a ameaçar Edvânia.

Certo dia, Ana Luiza cumpriu uma das ameaças e jogou soda cáustica na funcionária; o produto também acertou o filho da vítima, de um ano e oito meses. Revoltados, moradores da região espancaram a vigilante até a morte.

Comentar

Veja Também  Mãe diz que jogou bebê em riacho porque achou que ele estava morto