Acusado de homicídio é preso pela Polícia Civil de Ortigueira

O conhecido "Fião", matou um jovem apenas pelo motivo da vítima ter se apossado de cigarros de sua propriedade sem autorização

0
269
(Foto: Reprodução)

Em data de 28 de março, de 2018, por volta das 11:30 horas, na região rural do Lageado Bonito, a Polícia Civil de Ortigueira prendeu Amarildo dos Santos Pedroso, o “Fião”, de 48 anos, o qual tinha e seu desfavor, um mandado de prisão pela prática do crime de homicídio.

A rigor, em data de 28 de janeiro, de 2018, por volta das 11:00h, o investigado se dirigiu a casa da vítima, que estava dormindo, Everton Claro dos Santos, de 28 anos, e desferiu diversos tiros com um revólver calibre 38. Alvejado com tiros na cabeça, tórax e membros, o jovem teve morte instantânea.

O inquérito policial apurou que na noite anterior, ao crime, ou seja, no dia 27 de janeiro, de 2018, Amarildo e Everton, discutiram e brigaram no “Bar do Dir”, na referida localidade rural de Lageado Bonito. A confusão teria ocorrido por motivo “torpe”, ou apenas porque o rapaz, que depois seria assassinado, havia pego cigarros de Amarildo, sem seu consentimento.

Ainda no Bar, trocaram socos e ponta pés, sendo que o acusado jurou matar a vítima. Assim, na manhã seguinte, foi até a casa de Everton e cometeu o crime. A Polícia Civil logrou êxito em apreender projéteis disparados, bem como localizou e apreendeu a arma de fogo usada no crime, determinando-se a realização do exame de confronto Balístico entre o projétil apreendido e a arma de fogo do investigado. Na Delegacia, Amarildo foi interrogado e confessou a prática do crime. Ele foi preso pela Polícia Civil, de Ortigueira e está à disposição da Justiça.

Com informações Blogue do Berimbal

Veja Também  Condenado injustamente por abuso sexual dos filhos deixa prisão em SP