Comandante do 1º Batalhão de Polícia Militar é afastado do cargo

O comandante do 1º Batalhão de Polícia Militar de Ponta Grossa, Edmauro de Oliveira Assunção, foi afastado do cargo na deste de quarta-feira (30). A notícia veio após um fato ocorrido na cidade de Castro, durante a operação de liberação das estradas bloqueadas pelos caminhoneiros.

Na ocasião, os policiais militares negociaram, por quase duas horas, com manifestantes para a liberação dos caminhoneiros que não queriam ficar nos bloqueios. Depois do comunicado alguns caminhões começaram a deixar o piquete na PR-151, em Castro.

Vídeos feitos pela população mostram o momento em que um segundo grupo de manifestantes aparece e tenta impedir o desbloqueio da rodovia. A partir desse momento o Batalhão de Choque entrou em ação. Para dispersar os manifestantes a PM uso bombas de efeito moral.

O major Jonatas Boaventura Schulli vai responder interinamente pelo comando do Batalhão. O tenente-coronel Edmauro estava há quatro anos no comando da corporação, que além de Ponta Grossa, responde por oito municípios na região dos Campos Gerais.

A Associação dos Oficiais Policiais e Bombeiros Militares do Paraná (Assofepar), divulgou uma nota em apoio ao tenente-coronel afirmando que durante os dias de protestos os policiais militares garantiram a segurança dos manifestantes e também da população. O presidente da Federação das Empresas de Transporte de Cargas do Estado (Fetranspar), Sérgio Malucelli Pres, também lamentou o afastamento e ressaltou a formação e a conduta do oficial frente à corporação.

Com informaçoes: massanews.com

Veja Também  Proibição de pesca nos rios do Paraná começa na quarta-feira
Tags

Related Articles

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker