Ex-vereador Boca Aberta é condenado a oito meses de prisão

Boca Aberta é condenado a oito meses de prisão por ofensas ao ex-prefeito Kireeff

A juíza criminal substituta de Londrina, Deborah Penna, condenou o ex-vereador Emerson Petrivi, o “Boca Aberta”, a oito meses e 27 dias prisão, por crimes de injúria e difamação contra o ex-prefeito Alexandre Kireeff. De acordo com a sentença, em quatro de novembro de 2013, “Boca Aberta” usou o Facebook e o Youtube para injuriar o ex-prefeito em um vídeo de 13 minutos e 25 segundos no qual ofendeu, por diversas vezes, a dignidade e decoro, em razão de funções de Kireeff, com termos como “prefeitinho cuequinha de seda”. Petriv ainda dizia: “Eu mudei o nome do prefeito, não é mais Kireeff, sabe qual é o nome dele agora? É KIBLEEFF”.

Levando em conta os maus antecedentes do réu e com a soma das penas pelos crimes de Injúria e Difamação, Deborah Penna, condenou Boca Aberta a oito meses e 27 dias de prisão em regime semi-aberto, além de multa. “Deixo de determinar o recolhimento em casa de albergado em razão de inexistir este tipo de estabelecimento penal na Comarca de Londrina, não se prestando a cadeia pública local para suprir-lhe a falta”, sentenciou a juíza. Boca” terá que comparecer mensalmente à Justiça para informar e justificar suas atividades”.

Na época, o ex-vereador chegou a ser proibido de se aproximar do ex-prefeito: Montado em sua “Grace Kelly” (uma bicicleta), “Boca” costumava atazanar Kireeff com uma musiquinha do tipo: “Não faz nada, não faz nada!! Não faz nada não faz nada”. Pelo jeito, a cantoria desafinou.

Veja Também  Boca Aberta é condenado por confusão com médicos da UPA
Tags

Related Articles

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker