Russo exuma por acaso restos mortais de ex-namorado da companheira

Segundo o jornal Komsomolskaya Pravda, a mulher pediu que seu parceiro não fosse à Polícia, mas ele decidiu confessar os feitos.

Um russo que estava cultivando sua horta na Sibéria exumou acidentalmente ossos humanos – restos mortais do ex-namorado de sua companheira, assassinado há 21 anos, informaram os investigadores no caso nesta terça-feira (5).

O homem, cuja identidade não foi revelada, encontrou os restos mortais na localidade de Luzino, cerca de 2.200 quilômetros a leste de Moscou, informou o Comitê de Investigações criminais na região.

“O morador do povoado estava preparando a terra para plantar batatas quando encontrou ossos humanos e uma caveira”, explicou o comunicado oficial. A companheira do homem confessou que em 1997 “discutiu com seu amante da época, de 52 anos, atingindo-a várias vezes com um machado na cabeça”.

A mulher, hoje com 60 anos, esquartejou o corpo e o enterrou na horta, e contou aos vizinhos que seu namorado havia ido embora para procurar trabalho. Segundo o jornal Komsomolskaya Pravda, a mulher pediu que seu parceiro não fosse à Polícia, mas ele decidiu confessar os feitos.

Com informaçoes: yahoo.com

Comentar

Veja Também  Páscoa; explosões deixam 185 mortos e mais de 400 feridos no Sri Lanka
Tags

Mauricio Dias

Nada "além" do compromisso com a informação | Jornalismo independente

Artigos relacionados

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios