Pastor desaparecido em Londrina é suspeito de estelionato

O pastor Edvaldo de Oliveira, de 57 anos, que desapareceu na última sexta-feira (13) se tornou suspeito de estelionato. Quando saiu de casa, ele informou a esposa que iria ao banco retirar dinheiro para pagar as despesas de duas unidades da Igreja Pentecostal Monte de Sião localizadas na vila Marízia e jardim Santa Joana.

A Polícia Civil informou que o líder da igreja realizou transações na agência bancária do Sicoob, na avenida Saul Elkind, zona norte, na própria sexta. No sábado (14), ele sacou dinheiro em outra agência do banco, localizada em Rolândia, onde teria passado a noite em um hotel. Posteriormente, o líder religioso foi até Guaíra e comprou uma passagem de ônibus para São Paulo.

Na capital paulista, ele também realizou movimentações na conta bancária. A reportagem entrou em contato com o delegado, Edgard Soriani, que está aguardando os relatórios do caso para conceder entrevista. A polícia também aguarda imagens das câmeras de segurança da rodoviária e o banco de São Paulo. O hotel em Rolândia não conta com câmeras.

Na terça-feira (17), o carro de Edvaldo Oliveira foi encontrado estacionado na avenida Saul Elkind. Familiares e amigos fazem campanha para encontrar o pastor. O membro da igreja, Antonio Aparecido Silva, conversou com a reportagem na quarta-feira (18), antes dessas informações. “A família e os membros da igreja estão todos apavorados. Eu acredito que normal ele não estava”, afirmou.

Quem tiver informações sobre o paradeiro de Edvaldo de Oliveira pode entrar em contato por meio do celular (43) 99992 0384 ou 181, da Polícia Civil.

Veja Também  Pastor de igreja desaparece após cair no Rio Tibagi em Londrina
Tags

Related Articles

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker