PF prende filho da governadora do Roraima em fraude milionária

Batizada de Escuridão, a operação mira políticos e empresários envolvidos no esquema de superfaturamento

Operação Escuridão foi deflagrada nesta quinta-feira (29) e tem 11 mandados de prisão. Polícia Federal esteve na casa da governadora Suely Campos (PP). PF deflagrou uma operação nesta quinta-feira (29) contra desvio de recursos públicos do sistema penitenciário de Roraima com faturamento próximo a R$ 70 milhões.

Já foram presos Guilherme Campos, filho da governadora Suely Campos (PP), e dois ex-secretários de Justiça e Cidadania, Ronan Marinho e Josué Filho. Guilherme foi detido em Brasília, enquanto os outros dois na cidade de Boa Vista, capital do Estado, informa o G1.

Batizada de Escuridão, a operação mira políticos e empresários envolvidos no esquema de superfaturamento. Ao todo, são cumpridos 11 mandados de prisão e 20 de busca e apreensão em Boa Vista e Brasília. As medidas foram expedidas pelo Tribunal de Justiça de Roraima.

Logo no início da operação, às 6h, a PF foi à casa da governadora no Centro da capital, onde cumpriu mandado de busca e apreensão.

Veja Também  PF nas ruas: 49.ª fase da Lava Jato mira corrupção na usina de Belo Monte
Tags

Related Articles

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker