O custo do STF com funcionários e penduricalhos pagos pelo contribuinte

No meio da crise, folha de pagamento de todo o Judiciário cresce R$ 8,1 bilhões. Desembolso com passagens e auxílios é o dobro do que é gasto com estagiários e terceirizados. Em 2016, o Supremo Tribunal Federal custou mais de meio bilhão de reais. O STF possui:

  • 1.216 funcionários;
  • 306 estagiários;
  • 959 terceirizados;

  • O total varia de um mês para outro, mas nunca é inferior a 2.450 funcionários:Média de 222 funcionários para cada um dos 11 ministros.
    Funcionários terceirizados: Democracia ou Privilegiocracia?
  • 25 bombeiros civis;
  • 85 secretárias;
  • 293 vigilantes;
  • 194 recepcionistas;
  • 19 jornalistas;
  • 29 funcionários cuidando da encadernação;
  • 116 serventes de limpeza;
  • 24 copeiros;
  • 27 garçons;
  • 8 auxiliares de saúde bucal;
  • 12 auxiliares de desenvolvimento infantil;
  • 58 motoristas;
  • 7 jardineiros;
  • 6 marceneiros;
  • 10 carregadores de bens;
  • 5 publicitários.

Gastos:

Programa Viva Bem: cursos de yoga, massagem laboral e oficina de respiração para os funcionários.

  • R$ 15,78 milhões com assistência médica e odontológica;
  • R$ 1,5 milhão com auxílio-moradia;
  • R$ 2,162 milhões com educação pré-escolar;
  • R$ 12 milhões com alimentação;
  • R$ 204 mil com auxílio-funeral e auxílio-natalidade;
  • 87 veículos, sendo 3 caminhões;
  • R$ 10,5 milhões com informática.

Haja privilégios na Suprema Corte!

Data: 22/05/2018 – Fonte: Marco Antonio Villa / Rádio Jovem Pan

Veja Também  "Temer sanciona reajuste de 16% nos salários do Supremo"
Tags

Related Articles

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker