Falta de rede coletora e chuvas provocam contaminação no Litoral Paranaense

0
68
Foto: Reprodução/Jaelson Lucas - ANPr

O quinto boletim de balneabilidade desta temporada, divulgado pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP), na sexta-feira (18), mostrou um novo ponto impróprio para banho no Litoral do Paraná. Além da Ponta da Pita, em Antonina, que já vem apresentando concentração de esgoto clandestino, um outro ponto que não está recomendado para banho, de acordo com as análises desta semana, fica na Praia Brava de Caiobá, na altura da rua Alvorada.

As chuvas podem ter causado a alteração, segundo o IAP, porque as fossas sépticas podem transbordar com o volume de chuva e irem para as galerias de águas pluviais. Os demais locais analisados estão adequados. Ao todo, são monitorados semanalmente 49 pontos na região: 13 em Guaratuba, 14 em Matinhos, 11 em Pontal do Paraná, seis na Ilha do Mel, três em Morretes e dois em Antonina. No interior, os 17 pontos continuam recomendados para banho.

Além dos 49 locais monitorados semanalmente no Litoral, o boletim aponta dez rios, canais e galerias considerados permanentemente impróprios para banho, independentemente da época do ano. O monitoramento em 17 pontos de praias artificiais e represas na Costa Oeste e Norte do Paraná mostra que todos continuam próprios para banho.

Com informações: Portal Paiquerê

Veja Também  Coaf aponta pagamento de título de R$ 1 milhão por Flávio Bolsonaro, diz TV