Palmense usa tragédia de Brumadinho para aplicar golpes

0
67
Foto: Reprodução/whatsapp

Nesta sexta-feira (01), a Polícia Militar prendeu um homem suspeito de cometer estelionato e praticar golpes em Belo Horizonte, usando a tragédia de Brumadinho como motivo. De acordo com a PM, Cléber Gomes, de 39 anos, estava se passando por policial federal e pedindo doações de celulares em shoppings populares no centro de BH.

O homem fazia o pedido dos celulares para operar drones e ajudar pessoas em Brumadinho. O segurança de um dos shoppings, desconfiado das atitudes do homem, acionou a polícia. De início, Cléber alegou que seus documentos de agente policial tinham ficado em Brumadinho, mas em seguida admitiu que não era policial.

Após admissão do crime, a polícia apreendeu três celulares e um rádio comunicador que estava com Cléber, sendo que em um dos aparelhos, os policiais encontraram fotos dele em Brumadinho. De acordo com o suspeito, ele realmente ficou alguns dias na cidade como voluntário.

O suspeito não tem passagem pela polícia em Minas Gerais, mas, segundo contou aos policiais, ele já foi preso anteriormente também por estelionato no Paraná e estava em regime condicional.

Veja Também  Homem é morto a tiros na calçada logo após sair de casa