Ladrões fortemente armados explodiram uma agência bancária da Caixa Econômica Federal na Avenida 5 de Março, em Piraí do Sul, por volta das 4h desta quarta-feira (13).

A Polícia Militar (PM) acredita que cerca de 10 assaltantes com fuzis tenham participado do crime.

Durante a ação, uma agência do Banco do Brasil, que fica em frente à Caixa Econômica Federal, foi atingida por disparos. Os projéteis ficaram espalhados pela calçada.

Moradores contam que ouviram pelo menos três explosões durante a madrugada.

Ainda conforme a PM, uma hóspede de um hotel que fica sobre o Banco do Brasil ficou assustada com a situação e acabou pulando do segundo andar. Ela fraturou o fêmur e a cabeça.

A vítima tem 40 anos, é de São Paulo e estava em Piraí do Sul a trabalho. Ela é gerente de uma rede de lojas e foi transferida para Ponta Grossa para atendimento médico.

Durante a ação, os criminosos também cercaram e atiraram no destacamento da PM para intimidar os policiais. Nenhum policial ficou ferido.

A PM não informou se o grupo conseguiu fugir levando dinheiro do cofre da Caixa Econômica Federal – os caixas eletrônicos não forma violados. O Banco do Brasil não chegou a ser invadido.

A polícia faz buscas na região. Até a publicação desta reportagem, ninguém tinha sido preso.

  • Agência fechada temporariamente

A Caixa Econômica Federal disse que a previsão é a de que essa agência bancária reabra apenas na próxima semana.

A orientação é para que os correntistas procurem casas lotéricas, correspondentes bancários ou a agência bancária mais próxima, em Castro, também nos Campos Gerais.

Fonte: G1

Comentar

Veja Também  Garota de 18 anos morre ao ‘brincar’ de roleta-russa com o namorado