O Tribunal do Júri de Paranaguá condenou a 18 anos e 4 meses de prisão um homem acusado de estupro e tentativa de homicídio qualificado. Os crimes aconteceram em setembro de 2012.

A denúncia do Ministério Público do Paraná indica que a vítima foi atraída para a casa do suspeito com a desculpa de que uma prima queria encontrá-la. No local o homem tentou manter relações sexuais com ela, que recusou e foi agredida.

Ainda de acordo com o MPPR, a vítima foi asfixiada com uma corda de nylon e foi estuprada depois que desmaiou. Após o estupro a mulher foi deixada em um canil onde estava um pitbull e só foi resgatada depois que um segurança ouviu os latidos do animal.

O homem está foragido há mais de dois anos e teve sua prisão preventiva decretada.

Fonte: Massa News

Comentar

Veja Também  Mulher morre após ser agredida por facada no bar
Loading...