Um homem de 63 anos atropelou uma mulher que voltava do trabalho e estava na calçada no início da noite desta quinta-feira (21) na Cidade Industrial de Curitiba.

O atropelamento aconteceu na Rua Professor Algacyr Munhoz Mader, quando a vítima foi atingida por trás pelo carro que de acordo com ela, estaria trafegando em cima da calçada. A vítima relatou para nossa equipe de reportagem que ela ficou caída no chão e o homem identificado por Benedito Leandro de Almeida, teria tentando agredi-la fisicamente. Após xinga-la inúmeras vezes, moradores da região conseguiram conte-lo. Um policial militar do 23° Batalhão que passava pelo local percebeu a confusão e algemou o homem que estava bastante alterado. Ele ameaçou várias pessoas alegando ser assessor de um vereador de Curitiba.

Na chegada dos policiais do Batalhão de Trânsito, ele se negou a fazer o teste do bafômetro, mas na Delegacia de Delitos de Trânsito, 3 horas após o acidente, ele fez o teste que resultou em 0,44 mg de álcool por litro de ar expelido dos pulmões, o que configura crime de trânsito. Ele foi preso em flagrante e a vítima, mesmo com dores nas pernas devido o atropelamento, foi até a delegacia para confecção do boletim de ocorrência.

Dois advogados acompanharam Benedito, que pagou uma fiança no valor de R$ 1000,00 e ganhou a liberdade ainda na noite desta quinta-feira. Ele não quis falar com nossa equipe de reportagem e deve responder pelo crime em liberdade.

Fonte: Massa News

Veja Também  Mulher mata amiga a facadas após descobrir maus-tratos a bebê