Vanessa do Prado Machado, atropelada após sair de uma igreja em Arapongas, no norte do Paraná, teve morte cerebral confirmada na tarde desta quarta-feira (6). O motorista causador do acidente já foi identificado, mas está foragido.

  • Vítima de atropelamento morre em hospital

De acordo com o namorado da vítima -que presenciou o atropelamento-, a morte cerebral de Vanessa foi confirmada por volta das 15h. Como existia a possibilidade de doação de órgãos, os aparelhos continuaram ligados a noite. Ainda não se sabe se a doação ocorreu de fato.

  • Mulher é atropelada voltando da igreja

De acordo com a Polícia Militar (PM), Vanessa do Prado Machado, de 36 anos, voltava para o carro com o namorado e um amigo após sair da Paróquia São Vicente Palotti quando foi atingida violentamente pelo carro. A saveiro branco entrou na contramão e foi para cima dos três. Vanessa foi a única atingida e, após a colisão, foi arremessada. Ela foi encaminhada para o Hospital do Norte do Paraná em estado grave.

  • Motorista fugiu sem prestar socorro

Após a colisão, o motorista fugiu em alta velocidade, sem prestar socorro. “Eu não posso afirmar nada, mas parece que ele estava embriagado ou se ele fez uso de algum entorpecente que causou isso. Problema no carro não foi, porque ele bateu nela e voltou pra pista”, contou Daniel Machado, namorado da vítima.

Vanessa mora em Cambé, na Região Metropolitana de Londrina, e é mãe de três filhos. Assista à batida!

Fonte: Ric Mais

Veja Também  Homem invade carro e tenta abusar de mulher