A Polícia Federal (PF) e a Força Nacional recuperou 300 aves que eram mantidas em cativeiro, na tarde de segunda-feira (11), em um criadouro clandestino, em Capanema. A operação resultou no fechamento do maior cativeiro já encontrado na fronteira com o Paraná.

Além dos animais, os agentes também localizaram vários pássaros mortos no local. Ao todo. foram apreendidas 10 espécies de aves ameaçadas de extinção. A polícia acredita que os animais eram criados para fins comerciais e seriam vendidos.

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (Icmbio) multou o proprietário do local em R$ 45 mil. O responsável, de 53 anos, vai responder por maus-tratos e tráfico de animais.

Fonte: Massa News

Veja Também  Polícia Federal deflagra operação para apurar crimes contra a Caixa Federal